AA�empresaA�Foto Focal LTDA, iniciou suas atividades em abril de 2005. PorA�m oA�histA?ricoA�do seuA�fundadorA�Sr.A? Bento Rocha Ingressou na arteA�fotogrA?ficaA�em 1970. O conhecimento adquirido nesta suaA�trajetA?ria lhe rendeuA�status deA�excelente fotografo, reconhecidamente pelosA�seus clientes, muito mais que isso pela maioria dos seus colegas do ramoA�fotogrA?fico.
Hoje a empresa Foto Focal, atua em diversos seguimentos no que diz respeito imagens, ( VA�deos e Fotos), todavia o foco estar direcionado aos principais eventos, como: Casamentos, AniversA?rios, Formaturas,A�CatA?logosA�comerciais, BookA?s, etc.

 

OpiniA?o

Indagado sobre trabalhar com fotografia, o fotografo Bento Rocha respondeu.
A arte de fotografar me remete a umA�grandessA�ssimoA�prazer, a tal ponto de dizer que fotografar, nA?o A� um trabalhar e sim um lazer.

 

Curiosidade

O PRINCA?PIO DE TUDO

500 antes de Cristo a�� FilA?sofos gregos e chineses descrevem os princA�pios da A?ptica.
330 a.C. GrA�cia a�� ARISTA�TELES (384 a.C/322 a.C). Descreve o princA�pio da cA?mera obscura a�� criaA�A?o da imagem atravA�s de um orifA�cio.

A�PTICA

A ciA?ncia A?ptica A� antiga a�� a formaA�A?o de imagens por cA?meras a�?furo de agulhaa�? (PINHOLE) foi mencionada por AristA?teles em 350 a.C. e, cerca de cinquenta anos depois, Euclides publicou um tratado A?ptico que continha a primeira construA�A?o conhecida de uma imagem por meios geomA�tricos. No segundo sA�culo de nossa era, Ptolomeu publicou tabelas que mostram os A�ndices de curva da luz numa interface ar/A?gua. Embora lentes individuais pudessem ter sido construA�das e utilizadas para formaA�A?o de imagem, como uma ajuda prA�via A� visA?o, isto nA?o aconteceu atA� o sA�culo XVI, quando este saber foi utilizado para a confecA�A?o de microscA?pios e telescA?pios, e nA?o foi antes do final deste mesmo sA�culo que surgiram as leis de como administrar uma combinaA�A?o de lentes, descobertas por Kepler.
180 a�� Inventor TING HUAN aperfeiA�oa um dispositivo para projetar imagens mA?veis; sA?o informadas invenA�A�es semelhantes na China jA? em 207 antes de Cristo.
SA�culo X a�� AL-HAZEN (A?rabe) descreveu como observar um eclipse solar no interior de uma cA?mera obscura.
950 o A?rabe Hassan ou Ibn Haitam (965/1039) descreve a cA?mara obscura em manuscritos.
1030 a�� AL-HAZEN escreve o texto a�?Illusiona�?, A?ptico que descreve a a�?MA?quina FotogrA?fica Obscuraa�?. Estes conceitos significativamente influenciam o trabalho do pintor renascentista italiano Brunelleschi, que os aplica para a pintura de perspectiva.
A cA?mera obscura (ou escura), consiste numa caixa fechada, e num de seus lados, existe um orifA�cio pequeno por onde a luz entra. Caso posicionemos este orifA�cio em direA�A?o a um objeto iluminado, vemos na parede interna da caixa, oposta A�quela que tem um furo, a imagem invertida e de ponta cabeA�a do objeto. Como isto funciona?
A inversA?o do objeto e a sua reflexA?o do outro lado da cA?mara ocorre quando, devido ao pequeno orifA�cio, somente um raio de luz passa pela extremidade do objeto, atravessa o orifA�cio e A� refletido do outro lado da caixa.
Abaixo (do lado esquerdo da tela), visA?o lateral de uma cA?mera obscura. Do lado direito da tela, visA?o da parte translA?cida da cA?mara obscura, A� nesse lado que se forma a imagem inversa; no lado oposto existe um orifA�cio por onde a luz entra.
TOPO